• DAINFO

    O DAINFO ( Diretório acadêmico da Informática), atualmente presidido por Julian Corato, é a entidade de base fundada em outubro de 2010 para representar os estudantes dos cursos de Informática do Instituto de ciências Exatas e Geociências (ICEG) da Universidade de Passo Fundo (UPF). Dos cursos de:Análise e desenvolvimento de Sistemas, Ciência da Computação e Sistemas para Internet.

  • Arquivos

  • Categorias

Por que a mídia não dá destaque aos hackers de verdade ?

Há quase dois anos, meus ouvidos se entupiram de ouvir delinquentes digitais sendo chamados de “Hackers” na mídia brasileira, e foi com a paciência bem curta que escrevi um texto que recebe comentários até hoje aqui no Trezentos. É o texto “Sou um hacker e me orgulho muito disso !”.

Estamos novamente em dias complicados, pois novamente vemos delinquentes digitais “aparecendo” na mídia, por terem “tirado do ar” e “atacado” sites de governo como “forma de protesto”… Olha que difícil fazer um protesto como o deles (aliás me pergunto aqui quantos deles viram este vídeo e decidiram “virar hackers”).

Acho engraçado ver alguém usar um ataque DDoS como “forma de protesto”, por dois motivos básicos:

1. Ataque DDoS é uma imensa covardia, possibilitada hoje em dia por redes de bots hospedados em computadores “com aquele” sistema operacional. E você não precisa assim ser um Magaiver para ter acesso a uma botnet dessas.

2. Protesto sem mostrar a cara não é protesto, é molecagem !

É bom deixar claro aqui, que o máximo que um ataque DDoS consegue fazer é tirar um site do ar… no máximo… Isso aliás me lembra aquela “forma de protesto” que faziamos nos anos 80 contra os “nossos opressores”… o bom e velho tocar a campainha e sair correndo… parece que não, mas era um DDoS também

O que escrevo aliás, é um protesto, e estou mostrando a cara ! Claro que nem todo mundo é homem para fazer isso, mas eu confesso que entendo… já fui adolescente com o rosto cheio de espinhas, sem vida social e com a compreensão política de uma ameba… mas eu cresci, e espero que os “hackers” da moda também cresçam um dia.

Falando em crescimento, eu realmente gostaria de ver estes garotos que estão hoje fazendo molecagem em sites do governo usarem seu talento em programação (se é que eles tem talento de verdade), e trabalharem em projetos como o Transparência Hacker.

Ali sim encontramos Hackers de verdade, utilizando seus conhecimentos em TI para fazer um protesto real, construíndo ferramentas para levar transparência às contas públicas. Com o seu talento, estão dando à toda a sociedade a capacidade de entender os relatórios disformes e desconexos publicados pelos mais diversos entes governamentais.

Ao conectar as informações dispersas de forma absolutamente intuitiva, eles de fato protestam contra aqueles que ainda acreditam que conseguem se esconder atrás das estruturas públicas. Para estes garotos e garotas eu realmente tiro o meu chapéu e não canso de elogia-los pelo seu trabalho. São Hackers de verdade, fazendo um protesto de verdade, com consciência política de verdade.

Fica aqui então o convite duplo:

1. Para a mídia dar mais publicidade aos Hackers de verdade.

2. Para que os “hackers” que andam derrubando sites por aí façam uma reflexão e se por acaso se acharem bons de verdade, para que façam um protesto construtivo e efetivo, trabalhando na Transparência Hacker… Mostrar a cara também seria uma boa, mas entendo que dá medinho…

Deixo um abraço deste Hacker de verdade, velho de guerra e que também já foi incendiário. Hoje não passa de um cansado bombeiro, e não tem medo de mostrar a cara, pois só assim se protesta de verdade !

ESCRITO POR JOMAR SILVA EM 24 JUNHO 2011

Dia do orgulho NERD!

Comemore o dia do orgulho NERD!

O dia do orgulho nerd é comemorado todos os dias 25 de maio, que é a data da première do primeiro filme da série Star Wars a ser lançado – em 1977. Começou a ser comemorado na Espanha e lá é chamado de “dia del orgullo friki”.

Para celebrar o direito de ser nerd, foi criado um manifesto que deve ser seguido por todos os aspirantes a nerds e respeitado pelas outras pessoas. Confira:

Direitos

  1. O direito de ser nerd.
  2. O direito de não ter que sair de casa. (Nós do Hype, povo de internet, gostamos desse)
  3. O direito de não gostar de futebol ou de qualquer outro esporte.
  4. O direito de se associar com outros nerds.
  5. O direito de ter poucos (ou nenhum) amigo.
  6. O direito de ter o tanto de amigos nerds que quiser – o que não é a mesma coisa do que ter qualquer amigo.
  7. O direito de não ter que estar “na moda”. (Se bem que hoje dizem que ser nerd tá na moda)
  8. O direito ao sobrepeso (ou subpeso) e de ter problemas de visão.
  9. O direito de expressar sua nerdice.
  10. O direito de dominar o mundo.

Deveres

  1. Ser nerd, não importa o quê.
  2. Tentar ser mais nerd do que qualquer um.
  3. Se há uma discussão sobre um assunto nerd, você deve dar sua opinião.
  4. Guardar todo e qualquer objeto nerd.
  5. Fazer todo o possível para exibir seus objetos nerds como se fossem troféus.
  6. Não ser um nerd generalista. Você deve se especializar em algo, como games ou quadrinhos.
  7. Assistir a qualquer filme nerd na noite de estreia e comprar qualquer livro nerd antes de todo mundo.
  8. Esperar na fila em toda noite de estreia. Se puder ir fantasiado, ou pelo menos com uma camisa relacionada ao tema, melhor ainda.
  9. Não perder seu tempo em nada que não seja relacionado à nerdice.
  10. Tentar conquistar o mundo.

E como você vai comemorar o dia do Orgulho Nerd? Preparamos algumas sugestões para que você se divirta assumindo sua identidade nessa data tão especial:

1. Jogando Tíbia ou WOW:

2. Fazendo uma maratona de Star Wars:

3. Fazendo uma maratona de Star Trek:

4. Assistindo os nerds mais famosos da TV:

5. Lendo Isaac Asimov ou Arthur C. Clarke:

6. Vestindo-se de Storm Trooper:

7. Jogando RPG – live, se você for corajoso:

8. Comprando quadrinhos:

9. Dane-se o orgulho nerd, vou sair da Matrix amanhã!

10. Lendo o HypeGeek e sugerindo posts!

Como você vai passar seu dia? Conte para nós!